Publicado por: Eduardo Bezerra | Novembro 8, 2012

É pra frente!

Ei, meu bem! Olha pra ali! A vida é pra frente… E urgente! Amar é pra ontem. Aceitar é pouco. Algumas vezes pensar em si pra depois pensar no mundo. Por que dar tanta energia a quem está tão longe e nem entende teus dedos abaixo dos olhos molhados? Há tanta gente chorando e sofrendo aí do teu lado. Eu sei que é mais fácil lançar palavras pra quem não te escuta, limpar a consciência e depois dormir com a sensação de dever cumprido. As fotos são mais compreensivas que as pessoas reais. Pessoas reais precisam de ação. Pessoas reais precisam de toque. Isso só se faz na presença. Pare de querer construir um mundo novo e construa. Pare de querer um amor novo e ame. Pare de querer ser melhor e seja. Não exija pena nem solidariedade de ninguém.

O que aconteceu é pretérito. Perfeito. Guardado no pote do tempo. A vida se faz pra adiante. Não dá pra consertar. Não dá pra compensar. Essa moda de política compensatória é coisa de gente com peso de consciência de coisas que nem fez. Não traga isso pra vida não. Não espere pedidos de desculpas mas peça quando o coração disser que deve. A resiliência não é pacífica, assim como a paz não deve ser pasma. Abandone as bandeiras, os clichês, os jingles, as frases de efeito. Seja uma pessoa de verdade num mundo de verdade. Ninguém é livre. Democracia não existe. E olhe, se o comunismo ou o socialismo fosse alternativas viáveis ao mostro capitalista, creia em mim, já estava em voga de maneira muito suave.

O mundo não tem segredos. Estes são nossos, seres humanos dramáticos. Chuta o pau da barraca, sai gritando no meio da rua, tem pensamentos maus. Você é um ser humano. Às vezes precisa ser mesquinho, ruim. Você tem seus preconceitos e eles são feios sim, mas são seus. Se você for o primeiro a dizer que não tem os defeitos que tem… Ah, será muito falso! Não seja como esse pessoal politicamente correto. Tenha gosto, cheiro, textura. Faça merda. E conserte. Não tenha vergonha.

Bote a imaginação pra funcionar. Escreva cartas de amor eterno de uma semana. Guarde amores proibidos em compartimentos secretos de sua alma. Tenha raiva de quem você tiver de ter. Só não faça uma coisa. Não leve na sua bagagem coisa que não te acrescente. Ódio e rancor devem ser cuspidos, não merecem ficar na boca. Têm gosto acre, travoso. Escreva um livro pra pessoa amada, mesmo que só ela leia a história. Tenha filhos. Adote filhos. Uma pessoa sem família não tem medo de perder nada. Tenha sempre medo de perder algo pois assim você terá a certeza de que há algo de muito importante em sua existência. Tenha pelo que morrer e faça o viver valer a pena.

Meu bem, a vida está ali. Espera por você. Só não espere que seja boa. É querer demais por algo tão imprevisível. Em caso de dificuldade, faça o seguinte, viva alguns momentos felizes e guarde para quando precisar. A vida é andar num deserto com um cantil de alegrias. Mas só use se precisar. Alegria pode ser estiagem. Alegria pode ser enchente. Nunca vem em dose certa. Mas está ali na frente!


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: