Publicado por: Eduardo Bezerra | Novembro 14, 2011

Diário de Bordo (São Paulo) 13nov11

Dia corrido. Guarulhos – São Paulo com direito a perder o ônibus do hotel para o aeroporto. Mas como para cada porta fechada há uma janela aberta, quando chego ao Terminal de Guarulhos o ônibus da TAM me esperava e fui o último a entrar porque estava com pouca mala. Cheguei rapidinho em Congonhas, comi uma batata recheada (a qual contarei a história no outro blog http://comerrecife.wordpress.com/), deixei as malas no hotel e fui para o Anhembi, onde ocorre o Congresso.

Sabem aquela minha resistência a paulistas? Só dois hoje falaram comigo, todos os demais que conversaram eram nordestinos. Mas, enfim, vivi a experiência única de usar o metrô paulista. Pela manhã, na Estação Paulista, senti-me como no filme Ensaio Sobre a Cegueira. A cidade sem ninguém. Entretanto, quando vamos chegando na Estação da Luz a coisa muda de figura e começa a encher. A partir daí os metrôs, tão modernos na linha amarela, ficam mais parecidos com o do Recife.

Saguão do metrô. Estação Paulista. Ensaios Sobre a Cegueira.

Seguindo a lógica, conheci dois baianos indo para o Anhembi e me levaram também. Para quem está acostumado a fazer o percurso Afogados – Cajueiro Seco, o metrô de SP parece o labirinto do Fauno. Registrei-me, afixei meu banner, soube que não era preciso estar presente, não tinha nada de interessante e debandeei para a Liberdade. Japonesada maluca, coisas que nunca tinha visto na vida eu vi por ali. Comi sushi, churros e o periquito tirou minha sorte.

Eu e o poster

O periquito que viu minha sorte...

 Achei que tinham poucos posters e pouca gente. Não sei se pelo fato de ser o primeiro dia e é mais frio, mas achei que a frequência foi pequena. Talvez amanhã esteja melhor. Mas me senti em Recife. Encontrei pernambucanos por todo canto. Agora a pouco, no final da noite, eu e Joana dos Arcos fomos dar uma paia na Augusta, comer uma comida sem graça e dar uma volta nas feirinhas e lojinhas styles daqui. São Paulo é uma cidade muito cara, qualquer coisinha aqui custa muito. Mas é uma cidade divertida com opções que o Recife está muito distante de ter.

Metrô Linha Amarela. Pense um luxo...

Amanhã tem mais. Talvez eu prepare umas surpresinhas aqui no Blog a partir de amanhã. Até!


Responses

  1. Ahhhhhhhhhhh, eu quero nossas fotos do metrô que é um Luxo só! Foi massa mesmo, pena que eu tenho medo de chuva e não me arrisquei mais às escapadinhas hehehehehhe (também né, n~qo queria ficar mais doente). Foi massa, se cuida E-pi-pi o quê! Bjs


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

Categorias

%d bloggers like this: